Dicas - Andar de Moto em Segurança (Parte II de II)

15/09/2017

Na sequência do artigo anterior, publicamos nesta 2ª parte as restantes dicas e conselhos sobre andar de moto em segurança. O objectivo é que possas aproveitar os passeios de moto com segurança, descontracção e diversão. Boas curvas!

15 - Sinais de STOP

Parar é uma boa ideia, levar o pé ao chão também! Não o fazer pode precipitar-te a uma situação de risco, em que terás que tomar uma decisão ou realizar uma manobra de última hora sob pressão desnecessária.

 

16 - Corredores de trânsito/ circundar trânsito

Ajuste de velocidade e não entrar às cegas nestas situações é indicador de saúde. Se o trânsito está parado ou em marcha lenta, deve haver uma razão. Deves ter em consideração que a qualquer momento pode haver uma manobra, alguém abrir uma porta, etc. Outro ponto importante é tentares não andar a mais de 20 km/h em relação ao trânsito lento ou encadeado, se fores a uma velocidade de 50 km/h e caíres no meio do trânsito não vai ser agradável com certeza.

 

17 - Deslocações em grupo

Deslocações em grupo são frequentes, além da camaradagem é de facto uma experiência diferente. Neste tipo de deslocações é importante conhecer os principais sinais usados para comunicar, regras de composição do grupo, velocidade e distâncias entre motos. Os mais apressados apenas chegam mais depressa ao próximo ponto de encontro.

 

18 - Desvios de emergência

Mais uma vez a atenção é fundamental, em situações de desvios de emergência deverás estar preparado para efectuar por regra duas manobras. A primeira será logicamente desviar-se do obstáculo, a segunda será voltar a uma trajectória correcta. Lembra-te que nestas situações o foco de visão é fundamental, deve manter-se nas trajectórias e não nos obstáculos. Praticar estas manobras até quase serem reflexos é importante.

 

19 - Agilidade e suavidade

Dependendo do tipo de moto, a agilidade é maior o menor. A agilidade em manobra depende além da destreza do piloto, da capacidade ciclística da moto, assim como da velocidade a que te deslocas. Os movimentos realizados com e em cima da moto devem ter em consideração a transferência de peso, inércia, velocidade e suavidade. De nada adianta teres grande agilidade se vais demasiado depressa/ devagar, o que irá dificultar o posicionamento e alinhamento da moto com o que pretendes fazer.

 

20 - Circular junto de pesados

Camiões, autocarros e outros veículos pesados pela sua natureza são uma fonte de poeiras, areias, pedras e até pedaços de borracha. Os seus ângulos de manobra são diferentes dos restantes veículos, assim como a aceleração e travagem, o ideal é circulares longe destes ou ultrapassar rapidamente. Circula o menor tempo possível atrás ou a par deles.

 

21 - Paragens de emergência

Como tudo na vida a prática leva à perfeição. Equilíbrio na travagem, através do doseamento correcto do travão dianteiro e traseiro é essencial, vai praticando até encontrares a força ideal a colocares na travagem, equilíbrio e estabilidade. Pratica o mais possível até conseguires uma boa segurança de travagem.

 

22 - Pneus correctos

Sem pneus adequados de pouco servem os restantes cuidados. São o ponto de contacto da moto com o piso, a escolha do pneu deve ter em consideração o tipo de moto e a sua utilização. Verifica que estejam bem calibrados, estejam em bom estado de piso, não tenham cortes ou materiais estranhos. Tenta usar pneus com o mesmo tipo de piso à frente e atrás, verifica níveis de desgaste e pressão.

 

23 - Rebentou um pneu

Difícil de acontecer? Sim, mas acontece… Tendo em conta factores como a velocidade, peso em cima da moto e piso onde te deslocas a situação poderá ser mais ou menos complicada. Primeira regra, nada de movimento bruscos.  A moto irá começar a rebelar-se, prepara-te para usar um pouco de força para tentares manter a trajectória, vai aliviando o acelerador e ao mesmo tempo trava de forma leve com a roda em bom estado (seja a dianteira ou traseira), procura a melhor direcção para parares. Tudo ok? Agora podes respirar.

 

24 - Pingos de chuva

Bem, começou a chover… A piso húmido é mais escorregadio do que quando choveu torrencialmente. É nesta altura que deves ter a máxima atenção e suavidade nas acelerações e travagens, somando à sujidade existente, os primeiros pingos de chuva tornam a estrada o sítio ideal para drifting. Se não és um expert na área o melhor é teres cuidado.

 

25 - Parece escorregadio?

Manchas no chão ou partes do piso suspeitas? Por experiência se parecem suspeitas, é porque o são, caso contrário sem problema. O ideal é não arriscar, diminui de velocidade e adequa a trajectória, sempre é melhor que a opção inversa que pode envolver forte batimento cardíaco e amolgadelas.

 

26 - Abraçar um elefante

Embora discutível, tendo em conta a capacidade e dotes de cada um… tenta escolher uma moto adequada ao teu peso e altura. Será mais difícil para quem tem um peso menor conduzir uma moto com 500 quilos ou quem é mais baixo conduzir uma big trail, o mesmo pode acontecer ao contrário, o que também causa dificuldades e desconforto na condução.

 

27 - Piscar a luz de travão

Toques leves ou rápidos nos travões antes de travar no meio do trânsito. Ajudam a manter a distância dos veículos que estão demasiados colados à traseira, além de funcionarem como aviso antes parares realmente.

 

28 - Piscas

Aqui não vale a ideia de que ninguém tem a ver para onde vais, sinalizar as mudanças de direcção e paragens de forma atempada é importante, evitando visitas indesejadas por parte de quem vem atrás da moto.

 

29 - Auriculares e auscultadores

Existem kits mão livres próprios para andar de moto! Auriculares ou auscultadores não são para utilizar enquanto conduzes a moto, se estiveres a ouvir AC/DC não vais ouvir a betoneira que se aproxima. Além de que em caso de impacto, podem provocar lesões ou tornarem-se peças decorativas.

 

30 - Respira fundo

As emoções (nervosismo, ansiedade, sustos, cansaço, excitação) são como uma droga, estas afectam o comportamento de condução. Desculpa e pede desculpas, rola em segurança, é sempre melhor aproveitares a viagem sem surpresas e até ao fim. Se necessário encosta, toma um café ou conta até 100.

 

Saudações Motard. Boas viagens!

 

(Parte II de II)

Tags:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

» Tags:
Please reload

Concentrações e Eventos Motard

02/04/2020

1/1
Please reload

» Recentes:
Please reload

© 2017 Infomotard - Braga PT

  • facebook
  • Twitter - White Circle
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now